Será que coaching é para mim nesse momento? Conheça melhor o processo e saiba como tomar uma decisão acertada.

3 Jul 2017

 

 

Não somente por ter esta atuação e também conhecer outros profissionais da área, vejo muitas divulgações sobre o Coaching – diversos profissionais vem empregando o termo, assim como o nome “Coach” para muitas áreas e atividades -  e percebo que isso gera dúvidas em quem está em busca de um processo, mas não sabe bem como, onde e por quê buscá-lo.

 

Atenção! Nem tudo é realmente Coaching! Existem trabalhos com objetivos diferentes, que podem estar relacionados a oferecer algum tipo de assessoria, orientação, consultoria, onde o profissional tem alguma especialidade e poderá apoiar direcionando o trabalho, sugerindo soluções, respostas e ações – isso não é Coaching. E aqui estamos falando de áreas diversas – pode ser relacionado a recolocação profissional, áreas de negócios, carreira, saúde, entre tantas outras. A postura, a oferta de trabalho, o que envolve a proposta tem direcionamentos diferentes.

 

O processo de Coaching abre um importante espaço para que você possa ter suas reflexões a respeito de um tema que deseje trabalhar, com a possibilidade de clarear seu cenário e ir em busca de ações que o aproximem daquilo que está querendo alcançar. O Coach tem o papel de facilitar este processo, trazendo reflexões, utilizando ferramentas de apoio que o ajudem a aprofundar a questão – livre de interpretações, palpites, opiniões pessoais. A resposta é sua, o caminho é seu e o desenvolvimento é feito em conjunto, em parceria, focando sempre o tema trazido e seus possíveis desdobramentos.

 

O Coach pode ser criativo e trazer atividades e ferramentas que ampliem seu cenário. Há troca, há a busca de valores e crenças que o levam a querer algo, há a percepção de suas emoções envolvidas, e pode ter também um certo efeito terapêutico, afinal somos seres integrados e sistêmicos. No entanto sempre o dono do processo é o cliente, sendo protagonista das ações, insights e caminhos que seguirá. O Coach o ajudará a clarear seu objetivo, entender o que quer para que você possa por si mesmo ir adiante.

 

Em termos práticos, algumas reflexões:

 

1 – Por que e quando fazer?  É um processo muito poderoso quando queremos fazer mudanças de comportamentos e hábitos, repensar aspectos da vida pessoal e profissional, lidar com novos desafios e fases de vida.

2 – O que o difere da psicoterapia? O Coaching trabalha a partir de um ponto central levantado, trazendo luz aos potenciais e recursos que o cliente tem para modificar o que deseja, atingir uma meta, e levá-lo a movimentar-se nesta direção.  Já a psicoterapia irá aprofundar questões emocionais, muitas vezes remetendo a histórias passadas e com duração indeterminada. Há casos em que coaching e terapia caminham juntos – com profissionais diferentes - e podem ser complementares.

3 – Quanto tempo dura um processo de Coaching? A maioria dos profissionais trabalha com um numero de até 12 sessões. Isso pode variar dependendo do que o cliente está buscando. Pode-se optar por dar continuidade ou fazer um processo mais pontual e rápido. Tudo será acordado inicialmente. Ainda assim, uma caracteristica deste processo é que é possivel vislumbrar com maior clareza onde começa e onde termina o trabalho.

4 – Como escolher um profissional? Hoje muitas instituições oferecem cursos rápidos que permitem profissonais de diferentes areas aplicarem o Coaching. Busque referências, indicações, olhe o histórico dessa pessoa, verifique em seu currículo onde fez a formação e cheque a seriedade da instituição – hoje é possivel rapidamente encontrar informações. Peça uma proposta formal, e claro, sempre agende uma conversa inicial, sem custo, para conhecer  o profissional e perceber se entre vocês há identificação. Acredito que antes de alguém ser Coach, ele mesmo deva ter passado por processos de autoconhecimento e desenvolvimento, realizando sua própria jornada. Sua trajetória profissional também dará pistas do que fez antes e como construiu essa atuação.

 

Em resumo, é um processo sério e que se bem conduzido pode contribuir muito para as mudanças desejadas. Reflita sobre seu momento: como estão os principais temas da sua vida? Há algum ponto que queira transformar? O que pode te mover? Que sonhos deseja realizar?

 

Vá em frente e boa sorte!

Mariana Sartori

 

Quer conversar? Entre em contato!

 

“Pergunte a si mesmo o que é realmente importante.então tenha coragem e sabedoria para construir a sua vida dentro da sua resposta” Lee Jampolsky

 

Share on Facebook
Please reload

Arquivo
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Procurar por Tags
Siga
  • Facebook Basic Square