O que significa dizer que “o que você precisa já está dentro de você”?

10 Oct 2019

Em muitos momentos da vida, especialmente quando algo mudou de lugar, um incômodo se instalou ou uma crise se apresenta, começamos a nos questionar sobre os “porquês”, “o que está acontecendo comigo?”, “será que estou doente”, etc. Em geral nossa mente nos leva a pensar que algo está “errado” – especialmente num tempo em que tudo tem um nome, síndromes, transtornos. Começamos a buscar respostas externas – vamos para o Google, vamos para os livros, vamos perguntar a opinião de alguém em quem confiamos.

 

É comum clientes em psicoterapia chegarem ávidos por respostas – “porque estou assim”?, “o que eu faço agora”, “por que faço isso?”. E muitas vezes ficam desapontados quando respondo “não sei, vamos descobrir juntos”, ou devolvo com outra pergunta “o que você acha que pode ser isso?”.

 

O desejo é responder e tirar logo aquela situação da frente, no entanto ela pode ter levado muito tempo para se instalar e ser percebida. Em meu ponto de vista, o primeiro passo para que a mudança realmente ocorra é aceitação e acolhimento. Sim, algo em mim incomoda, sim, quero transformar, mas nesse momento aceito a maneira como isso se manifesta e vou olhar de frente para esta questão, sem julgá-la, apenas conhecendo-a melhor.

 

Neste ponto chego ao título deste texto – ouvimos muito esta frase quando precisamos de respostas  - “está dentro de você o que está buscando fora”. Mas o que é isso? Se fosse tão simples as pessoas estariam melhores! É verdade que essa percepção de si precisa ser exercitada e muitas vezes a ajuda profissional se faz necessária, no entanto sim, as respostas estão dentro!

 

Qualquer ponto de vista que eu der a um cliente pode aliviá-lo naquele momento, mas será apenas minha visão ou mesmo interpretação sobre algo que pode ser muito profundo e pessoal.Quando criamos coragem para nos conhecermos melhor abrimos a possibilidade de identificarmos nossas escolhas, sentimentos, histórias que ainda não foram elaboradas, vontades, desejos......e respostas! Está tudo ali, podendo ser acessado.

 

Paradoxalmente, além da aceitação e acolhimento, eu diria que outro componente que ajuda muito a encontrar o que está dentro é o silêncio. Estranho dizer que o silêncio pode me responder algo! Mas muitas vezes não é a mente a detentora de todo o saber que guardamos dentro de nós. Nosso corpo guarda preciosas memórias, mas a linguagem dele virá através de sensações. Nosso “ser” por inteiro pode trazer lembranças, emoções, vontades que nos levarão a percorrer outros caminhos, não apenas o do pensar. Procuro exercitar isso com meus clientes e aos poucos esses novos olhares vão se abrindo.

 

Podemos mesmo dizer que quando damos abertura e espaço para as nossas sensações mais amplas, intuímos o melhor caminho. Hoje não estou bem, o que meu “ser” deseja? Pode ser um momento de silêncio, pode ser uma conversa, pode ser uma atividade artística, física, algo que o ajude a expressar ou extravasar o que está represado. E o estado inicial vai embora e meu dia melhora. “Está ali dentro a resposta”.

 

Preciso tomar uma decisão e tenho dúvidas. Silenciar pode ajudar mais do que tagarelar mil hipóteses. “Qual escolha traz uma sensação de maior leveza nesse momento?”. Perceba em você as respostas. Novamente, elas estão ali.

 

Quantas vezes seguimos conselhos e dicas externas e no final dizemos – “não era nada disso, se eu tivesse feito o que sentia que deveria fazer o resultado seria melhor”.

 

Temos um guia interno. Sempre é possível começar a acessá-lo e experimentar esse lugar, que pode ser muito novo – como vou saber que estou certo? Eu digo: “não sei, mas você saberá”. Exercite-se! Experimente-se! E você cada vez mais saberá!

 

Mariana Sartori

 

 

Share on Facebook
Please reload

Arquivo
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Procurar por Tags
Siga
  • Facebook Basic Square